19.1.17

{Resenha} O Lar da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares – Ransom Riggs



SérieSrta. Peregrine, vol. 1
AutorRansom Riggs
EditoraLeya
Páginas336
Ano2015

Não contém spoilers!

SinopseTudo está à espera para ser descoberto em "O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares", um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas.

“Eu tinha acabado de aceitar que minha vida seria apenas comum quando coisas extraordinárias começaram a acontecer comigo.” 

HistóriaO Lar Da Senhorita Peregrine Para Crianças Peculiares conta a história do Jacob, um adolescente de 16 anos, que cresce muito próximo do seu avô paterno e passa sua infância ouvindo as histórias contadas por ele sobre mundos diferentes e crianças com poderes especiais.

Com o passar do tempo Jacob deixa de acreditar nessas histórias e começa a achar que seu avô sempre mentiu e o fez acreditar em um mundo impossível de existir.

Então uma horrível tragédia familiar lança Jacob em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. A história começa a se desenrolar a partir daí, então ele começa a seguir pistas para entender o que aconteceu e descobrir o que realmente estava por trás das histórias que ele ouvia desde criança.

Personagens do livro e filmeCada um tem características bem definidas e são apresentadas de formas claras. Adorei a escolha do ator que interpretou Jacob no filme. Mas o jacob do livro tinha mais emoção, uma coisa que não encontrei muito no filme. E o que mais incomodou foi a troca de Emma e Olive. No livro, Emma tem o poder de fazer fogo com as mãos e é uma protagonista ao lado de Jacob. Já Olive, ainda no livro é uma personagem secundária que tem o poder de flutuar. Ou seja, elas tiveram uma troca de poderes. Senti também a diferença na Srta. Peregrine. No livro, ela é mais severa, mas que cuida das crianças com amor. No filme, além de ser muito mais jovem do que o esperado, ela não me pareceu severa, mas ela tem a mesma preocupação amável com as crianças. Agora a interpretação de Eva Green foi a melhor. O papel dela foi muito bem feito. Teve uma forma natural e nada forçado. Assim como elas, vários outros personagens também tem outras características diferentes, como a idade deles.

Capa: A capa chama bastante atenção e é voltada especialmente ao estilo antigo. Esse toque sobrenatural de terror e suspense foi um trabalho perfeito.

Escrita: Adorei a forma como o autor escreve. Possui uma escrita gostosa de ler, com narrativa objetiva e sem exageros. A capacidade que o autor tem de criar imagens na cabeça do leitor é incrível. E tudo fica ainda mais interessante no decorrer das páginas com as fotografias em preto e branco ilustrando situações narradas no livro. A maioria dessas fotos são muito esquisitas e assombrosas. É como se estivessem sido perdidas no tempo. 

• Adaptação Cinematográfica •

Ambos o livro e o filme são sensacionais, cada um com sua peculiaridade. Os dois não são idênticos, mas isso não deixou eles ruim, pelo contrário, são maravilhosos! Eu amei os dois.

Mas vamos ao que interessa.

O filme só se assemelha ao livro até a parte em que Jacob chega na ilha, depois disso, é totalmente diferente do que se leu no livro. Então se for ao cinema procurando assistir uma adaptação fiel, nem vá. 

Algumas cenas passadas no filme ficam mais claro pra quem leu o livro, já pra quem somente assistiu o filme pode ficar um pouco perdido nos acontecimentos.

O primeiro livro não possui um final, já que é um trilogia e deve continuar. Já o filme foi feito para ser uma coisa só, então eles tiveram que inventar um final para deixar tudo coerente. Ainda assim tinha gente reclamando que faltava algumas cenas do livro. Por favor, né? Se fossem colocar todas as cenas do livro, o filme iria durar praticamente um dia todo.

Notas finais: Tanto o livro quanto o filme são incríveis e bem feitos. 

Se você que ainda não assistiu ao filme com medo de se decepcionar, é melhor que você mesmo assista e tire suas próprias conclusões.

Se você estiver procurando um livro/filme com um bom mistério, suspense sobrenatural, um visual gótico e sombrio, O Lar da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares é uma ótima opção. 

NOTA GERAL: 9/10

Até a próxima, gente! Beijos.

4 comentários:

  1. Olá!!
    Adorei seu post!
    Vim por recomendação do grupo TDS.
    www.blogliteralmenterosa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá!!
    Adorei seu post!
    Vim por recomendação do grupo TDS.

    https://floraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adoro esse livro!

    Já estou te seguindo <3

    booksandmore12.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita! Já estou seguindo <3

      Excluir

A garota que lê | Entrevistando a autora Laís Rodrigues

Oi leitores, tudo bem? Sim, agora vai ter entrevistas aqui! \o/ Entrevistas com autores maravilhosos que adoramos. Para começo, a prim...